Feeds:
Posts
Comentários

Eu sou um índio da tribo Caiapó, meu nome é Anauê, chefe Anauê. Meu filho se chama Peri, ele é um grande caçador que conhece o rio inteiro.

Um certo dia, ele foi pescar e viu vários homens com roupas e com armas, eles apontaram para ele e mandou meu filho trazê-los para a nossa tribo. Quando chegaram, pediram água e comida. No outro dia, acordaram-no bem cedo e nos levou para achar o caminho de volta para o rio. No barco, quando chegamos, tivemos de ficar de joelhos e chamá-los de bandeirantes. Eles buscavam o ouro.

Muitos anos mais tarde, aqui nesta região, alguns homens plantaram café. Com o dinheiro do café, eles construíram ferrovias para transportar o café para as indústrias.

Nessa história, eu acho que não tem valores humanos, só tem mortes e escravidão.

(Autor: MRMG 1a turma 6o ano)

História de Ribeirão

José conviveu com os índios. Eles tomavam bastante banhos e lavavam os alimentos no rio. Eles tinham a não-violência, o amor e a amizade.

José conviveu com os bandeirantes, que usavam a água para garimpar, tomar banho, beber água, para navegar e para ir para outras cidades.

Conviveu também com os cafeicultores. O café dava produção e os donos do café eram os homens mais ricos do mundo.

(Autor: MOR 1a turma 6o ano)

A escola

A escola é uma beleza

Eles mandar muita lição

Lá é bom para estudar

É bom para arrumar uma profissão

E o comportamento é tudo de bom

Diversão tem de montão

A alimentação é para ajudar

O conhecimento é para agradar

Os livros são para ler

E aos funcionários agradecer

O banheiro pra mijar

E os dentinhos escovar

O prédio é muito grande

O meio ambiente a cheirar

O calendário a olhar

O aluno a estudar

O professor a explicar

Lousa e giz para escrever

O material para usar

E as aulas para poder aprender

E a lição a fazer

E o recreio a brincar

O tempo passa rápido

As regras a cumprir

A bagunça todos fazem

O que não falta

Isso tem de montão

Ninguém presta atenção nas aulas

Porque a bagunça é de montão!

 

(Autor: WDBC 1a turma 6o ano)

Brigadeirinho

Brigadeiro é muito bom

Brigadeiro é bom demais

Se você provar aqui

Não esquece nunca mais

 

O brigadeiro é bem “facinho”

Se quiser pode anotar

Se você fizer com amor

Muito bom vai ficar

 

Coloque o leitinho e

Deixe-o ferventar

Coloque o Nescaru

Para um gostinho dar

 

Uma colher de manteiga

para bem lisinho ficar

E o leite condençado

Para adoçar

 

Coloque o granulado

para ficar bem bonitinho

E é isso

o nosso BRIGADEIRINHO!

 

(Autores: JTSS, JRS,LSC)

Receita de Amor

Categoria: Amor

Origem: Escola Sathya Sai

Tempo de preparo: Todo o tempo do mundo

Tipo de preparo: Amizade e Carinho

 

Ingredientes do amor:

2 1/2 caminhões de felicidade

4 kg de não-violência

5 tabletes de carinho

10 1/2 xícaras de amizade

25 colheres (chá) de retidão

 

Modo de preparo:

Coloque todos os ingredientes no seu pensamento.

Pense em tudo isso, porque isso vai virar amor.

Dois amores é igual a um inteiro.

Autores: ESM, RPPS, JPO (1a turma 6o ano)

Elas falam de emoção

De amor no coração

Elas falam de comida

 

2 xícaras de amor

1 xícara de Sofia boazinha

2 xícaras da malvadinha

1 Fabiana bozinha e malvadinha

1 pitada de orégano

 

É um Suflê de Sofia e Fabiana

 

Autores: MIV, MA, GNMS (1a turma 6o ano)

Bolo com Valores

Ingredientes:

1 xícara (chá) de sossego

3 colheres (sopa) de não-atormentar

3 colhere (sopa) de paz

1/2 copo de não-violência gelada

2 colheres (chá) de verdade

1/2 xícara de paciência

 

Modo de preparo

Ponha tudo no liquidificador

E bata com amor

Depois de cinco minutinhos

Ponha no forno com carinho

E asse direitinho

Assando por 40 minutos

E esperando com paciência

Você vai degustar da essência

Desse assado

Depois coloque na gealdeira

E coma gelado

No fim, você verá o resultado!

 

Autores: LN, LGBS, BBP (1a turma – 6o ano)